Ana

Ana

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Não sei se vou aturar Esses seus abusos Não sei se vou suportar Os seus absurdos Você vai embora Por aí afora Distribuindo sonhos Os carinhos Que você me prometeu... Você me desama E depois reclama Quando os seus desejos Já bem cansados Desagradam os meus... Não posso mais alimentar A esse amor tão louco Que sufoco! Eu sei que tenho Mil razões Até para deixar De lhe amar Não, mas eu não quero Agir assim, meu louco amor Eu tenho mil razões Para lhe perdoar Por amar... Não posso mais alimentar A esse amor tão louco Que sufoco! Eu sei que tenho Mil razões Até para deixar De lhe amar Não, mas eu não quero Agir assim, meu louco amor Eu tenho mil razões Para lhe perdoar... Não sei se vou aturar Esses seus abusos Não sei se vou suportar Os seus absurdos Você vai embora Por aí afora Distribuindo sonhos Os carinhos Que você me prometeu Você me desama E depois reclama Quando os seus desejos Já bem cansados Desagradam os meus... Não posso mais alimentar A esse amor tão louco Que sufoco! Eu sei que tenho Mil razões Até para deixar De lhe amar Não, mas eu não quero Agir assim, meu louco amor Eu tenho mil razões Para lhe perdoar Por amar... Que sufoco! Não, mas eu não quero Agir assim, meu louco amor Eu tenho mil razões Para lhe perdoar Por amar... Que sufoco! Não, mas eu não quero Agir assim, meu louco amor Eu tenho mil razões Para lhe perdoar Por amar...

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Você é assim: Um sonho pra mim E quando eu não te vejo, Eu penso em você Desde o amanhecer Até quando eu me deito. Eu gosto de você E gosto de ficar com você. Meu riso é tão feliz contigo. O meu melhor amigo é o meu amor. E a gente canta E a gente dança E a gente não se cansa De ser criança. A gente brinca Na nossa velha infância. Seus olhos, meu clarão, Me guiam dentro da escuridão. Seus pés me abrem o caminho; Eu sigo e nunca me sinto só. Você é assim: Um sonho pra mim; Quero te encher de beijos. Eu penso em você Desde o amanhecer Até quando eu me deito. Eu gosto de você E gosto de ficar com você. Meu riso é tão feliz contigo... O meu melhor amigo é o meu amor. E a gente canta E a gente dançar E a gente não se cansa De ser criança. A gente brinca Na nossa velha infância. Seus olhos, meu clarão, Me guiam dentro da escuridão. Seus pés me abrem um caminho; Eu sigo e nunca me sinto só. Você é assim: Um sonho pra mim. Você é assim... Você é assim: um sonho pra mim. Você é assim...

terça-feira, 23 de outubro de 2012